Release: Jean-Luc Nancy procura ler os textos heideggerianos recém publicados, os famosos "Cadernos negros", assim como o antissemitismo e mesmo o anticristianismo heideggeriano a partir de um reconhecimento da banalidade de uma chave de leitura tradicional, caracterizada justamente pela visão da decadência do início e da promessa de um porvir capaz de resolver os dilemas do tempo. Com isto, Heidegger aparece sob uma nova ótica. Banal não por conta de um antissemitismo tosco, mas sim por conta de uma tentativa de leitura epocal da origem judaico-cristã de nosso mundo.

Banalidade de Heidegger

SKU: 048
R$56.40Preço
  • Título: Banalidade de Heidegger

    Autor: Jean-Luc Nancy

    Tradutores: Fernanda Bernardo e Victor Maia
    ISBN: 9788564565555
    Lançamento: 2017 
    Edição: 1
    Número de Páginas: 94p
    Peso: 140g
    Formato: 14x21
    Acabamento: Brochura

    Coleção: Biblioteca do Ocidente
    Gênero(s): Filosofia

  • Jean-Luc Nancy  é um filósofo francês que nasceu em 1940 na cidade de Bordéus. As suas obras são marcadas pelo grande tamanho de publicações e pela heterogeneidade de temas tratados. Atualmente, Nancy é professor emérito da Universidade de Estrasburgo.